Curitiba, PR, Quarta-feira, 14 de abril de 2021.


Telefones das nossas Secretarias:

Sede Social (Centro Cívico): (41) 3252-4423

WhatsApp (Sede Social): (41) 98804-8127

Sede Recreativa (Boqueirão): (41) 3277-3032


Curta a nossa página no Facebook:

https://www.facebook.com/CSSExCtba


SEGURO DECESSOS - AMPLIAÇÃO

Como amplamente divulgado, o Seguro Decessos, pelo prêmio de R$ 5,50, contempla cobertura de Assistência Funeral para o segurado principal, seu cônjuge, filhos menores de 21 anos de idade e filhos maiores incapazes. Além da possibilidade de incluir, como agregados, filhos maiores de 21 anos de idade, pai, mãe, sogro, sogra, netos, irmãos e sobrinhos do segurado principal, ao custo de R$ 3,95 por agregado. Para todos os casos o limite de idade para adesão é de 66 anos incompletos.

Porém, no caso de falecimento do segurado principal, o seguro é cancelado e tanto a viúva e filhos menores, quanto os agregados porventura vinculados ao segurado também perdem os benefícios do Decessos.

A viúva pensionista poderá aderir ao Decessos como segurada principal e incluir novamente os agregados antes vinculados ao segurado falecido, desde que detenha as condições de ingresso no produto, como limite de idade e condições de saúde compatíveis.

Ocorre que, geralmente, quando o segurado é participante antigo do Decessos e falece, a viúva já não tem mais condições de ingresso, seja por já ter ultrapassado o limite de idade, seja por não ter mais plena saúde.

Considerando, nessas circunstâncias, que a viúva já tinha a cobertura do seguro, como cônjuge, desde a adesão do segurado principal, levamos essa preocupação para a Mapfre, para que aquela seguradora buscasse uma solução de continuidade do benefício para que a viúva não ficasse desamparada.

Dessa forma, foi aprovado pela Mapfre que, logo após o falecimento do segurado principal, a viúva, independente de idade e declaração de saúde, poderá aderir como segurada principal ao Decessos, como se fosse uma continuidade do seguro de seu cônjuge.

Como o entendimento dessa nova adesão é de uma continuidade, a implantação do Decessos da viúva deverá ocorrer logo após a exclusão do segurado do produto, admitindo-se até três meses de intervalo entre a exclusão do segurado falecido e a nova implantação.

Como lembrete para oferecimento, a proposta de adesão fará parte do rol de documentos para a abertura de processo de sinistro por morte de segurado (checklist), assim o seguro Decessos para a viúva não será descontinuado, caso ela opte pelo seu ingresso no seguro Decessos.

Essa adesão não levará em conta a idade e nem terá declaração de saúde, pois será considerada como uma continuidade do seguro do cônjuge falecido.

No momento da adesão, mesmo que a viúva ainda não tenha regularizado a sua condição de pensionista junto ao órgão pagador, ela poderá aderir ao Decessos com o pagamento por débito em conta de poupança POUPEX até a implantação do contracheque no sistema de pagamento. Nesse caso, para viabilizar a inclusão no sistema Decessos, poderá ser utilizado o mesmo o PREC/CP ou matrícula do seu cônjuge falecido até a regularização de seus dados e alteração da forma de pagamento para consignado. Caso ela já tenha o PREC/CP, deverá ser reservada a margem para o desconto.

Qualquer dúvida, estamos à disposição.


NOTA DE FALECIMENTO

É com muita tristeza que comunicamos o falecimento em 09 Mar 2021, às 18:00 horas, do nosso querido Amigo Carrazzoni, Diretor Social do CSSEx e Presidente do Conselho Fiscal da ASMIR.

No dia seguinte foi cremado, apenas em presença de seus familiares, a quem externamos nossas sentidas condolências e os votos de que o Criador lhes conforte a alma, diante de tão grande perda. Nosso CSSEx igualmente perde um grande e dedicado diretor, que marcou sua trajetória com muita competência e brilhantismo.


ELEIÇÕES 2020 - Adiamento



Boletim Informativo

Já está disponível para consulta on-line e download o Boletim Informativo12 de Agosto/Setembro/2020 (link no menu ao lado).




Interação Clube e Comandos de Área




Casa de Acolhimento à Família Militar

O Colégio Militar de Curitiba (CMC) cedeu um espaço interno para funcionar como Casa de Acolhimento para familiares de Subtenentes e Sargentos que estiverem com parentes internados no Hospital Geral de Curitiba (HGeC), somente para casos especiais e de longa duração. A gestão das vagas está a cargo do Subten SANDRO, Adjunto do Comando da 5ª Região Militar.

As Normas Gerais de Ação (NGA) que regulam o funcionamento e a utilização da referida Casa de Acolhimento em arquivo PDF, podem ser baixadas pelos interessados em utilizar o citado espaço, através do link/botão abaixo.


Download das NGA da Casa de Acolhimento em PDF.




Fotos da Colônia de Férias


Para os associados e convidados interessados em conhecer um pouco mais da nossa Colônia de Férias (Balneário de Canoas - Pontal do Paraná/PR), já estão disponíveis para visualização mais algumas fotos do local.


Clique aqui para visualizá-las


Página Institucional


Estamos disponibilizando para consulta on-line e download na nossa página Institucional (link no menu ao lado), o nosso Novo Estatuto e Novo Regimento Interno, bem como os regulamentos da Sede Recreativa (Boqueirão) e da Colônia de Férias (Balneário de Canoas-PR).

CSSEx-Ctba - © 2011 - 2014
Rua Comendador Fontana, 57 - Centro Cívico - 80030-070 - Curitiba - PR - (41) 3252-4423